Perda de altitude

  • Rating 12345

Texto de: Maxine Tate

Original em ingês: Loss of altitude

Imagem: Perfomance Designs

 

Nos últimos anos foram registradas diversas fatalidades causadas por desconexões em baixa altitude após uma pane, e como resultado muitos bons conselhos sobre o assunto estão sendo espalhados. Mas, recentemente nós tivemos outra tragédia na comunidade de Big-Way por esse mesmo motivo.

Esse artigo de segurança não foi escrito para lhe dar respostas; ao invés disso vamos lhe fazer algumas perguntas muito importantes, e esperamos que você tenha as respostas. Se não souber, então vale a pena investir um tempo para descobrir. Tendo uma ideia sobre o seu sistema (a combinação de você e seu velame) você pode até treinar no chão e visualizar a sua sequencia de abertura para criar uma imagem de um velame aberto e em pleno funcionamento, mas nada disso é um substituto para a consciência da altitude durante o salto, uma boa imagem sólida de quanto você perde de altitude em vários cenários pode ser uma ferramenta poderosa para saber como um salto em particular pode se desdobrar e como isso é importante para tomar uma decisão rápida.

Vamos pegar como exemplo um salto normal; vamos dizer que você escolheu abrir a 3.000 pés. Alcançado o punho, você responde a um aviso sonoro ou a um check visual no seu altímetro, você checa a separação dos outros atletas, faz o wave off e comanda. Essa sequência talvez leve dois segundos antes de você tocar no punho de comando. Quanto de altitude você perdeu? -400 pés. Você agora está a 2,600 pés.

Perda de altitude durante a abertura

Você sabe quanto de altitude você perde durante uma abertura normal (sem uma pane)? Você alguma vez checou isso? Existem muitos diferentes modelos de velames disponíveis e cada um com suas características de abertura, eles são feitos com um “longo, médio ou curto retardo”. Embora muitos de nós tenhamos um senso sobre qual categoria nosso velame está, você sabe qual a sua perda de altitude atual?

Se não, veja seu altímetro durante sua sequência de abertura, observe a perda de altitude desde o momento em que você puxa o punho até o momento em que o velame está completamente inflado. Vamos assumir que nossa perda de altitude da hora do comando até o velame inflado seja 800 pés. Você está agora a 1,800 pés com um velame totalmente inflado.

Mas e se você tiver uma pane?

Perda de altitude durante uma pane: Embora nós não possamos simular muitas panes para medir a perda de altitude, nós podemos entender melhor a perda de altitude relacionada a ele se conhecermos nosso equipamento.

1. Você sabe o quanto de altitude você perde em uma curva agressiva de batoque de 360?

Uma curva agressiva de batoque pode ser usada como exemplo de um batoque que se solta durante a abertura – o quanto de altitude você acha que perde depois de três giros? (uma estimativa razoável das rotações precisaria liberar o outro batoque e manter a simetria de baixo da asa.

2. O quanto você perde de altitude em uma curva lenta de batoque de 360?

Por exemplo, você libera seus batoques e um deles fica preso com um nó. A rotação é lenta, a percepção é que você tem tempo suficiente. Se você não sabe a resposta a essa questão, tente isso no próximo salto – o resultado talvez surpreenda você. As vezes as menores panes podem resultar em uma fatalidade devido a falsa percepção e consciência de perda de altitude.

3 – Você está agora abaixo do seu limite?

Você estava a 1.800 pés antes da pane. Em qualquer uma das circunstância citadas acima você tem perda de altitude suficiente para colocar você abaixo do seu limite. Essa é a altitude em que você não desconectaria seu velame principal? Se não, qual é a altitude que você determinou como limite para desconectar? Se sim, então talvez você tenha que questionar sua altura de comando ou a escolha do seu velame.

Comunidade de Big-Way

Todas essas questões acima estão relacionadas a qualquer salto sob uma circunstância normal. Para a comunidade de Big-Way, nós nos encontramos em situações que mudam de acordo com a demanda do salto ou o slot em que você está.

1. Altitude de Comando pré-determinada

Normalmente nós determinamos um limite de altitude que devemos comandar por questões de segurança (ex.: entre 3,000 e 2.800 pés) – nossa altura de comando é definida por nós mesmos. Se você aumentar sua altitude de comando pré-determinada, qual o efeito que isso tem na sua janela de segurança para tomar uma decisão, no caso de uma pane?

2. Usando cinto de peso

As vezes temos que usar 10kg no cinto de peso para adequar a razão de queda para o nosso slot. Isso aumenta nossa velocidade sob o velame assim como durante a queda livre. Isso vai aumentar a perda de altitude durante a abertura e durante uma pane. Mas, quanto?

É vital para nós entendermos a perda de altitude com o nosso sistema atual, e é importante compreender como isso vai mudar quando alteramos qualquer aspecto do sistema, seja usando peso ou mudando o velame. Se você talvez tenha que usar peso em um evento de recorde, então experimente esse peso antes do evento. Saiba as respostas para essas questões e saiba o quanto isso vai afetar o seu limite para tomar uma decisão. Você também vai se beneficiar da repetição de pousar com um wingloading maior que o que você está acostumado.

Resumo

Estar preparado para participar de qualquer evento, Big-Way ou qualquer outro, requer estar familiarizado com a sua queda livre e sob o velame.

–       Conheça seu sistema

–       Invista um tempo para responder essas questões então você vai poder visualizar como a parte mais importante do seu salto talvez pode se desdobrar.

–       Não seja surpreendido pela perda de altitude sob uma dificuldade

–       Calcule e esteja pronto para reagir rapidamente quando preciso

 

Artigo de Maxine Tate da Escola de Velame Flight-1, a Escola Flight-1 oferece cursos de navegação, incluindo exercícios para compreender a perda de altitude em várias circunstâncias.


One thought on “Perda de altitude

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *