Três simples ideias que podem salvar sua vida

  • Rating 12345

Por Dan BC

Original em inglês: 3 simple ideas that could save your life

Foto1

Imagem: Norman Kent

Um apelo de Dan BC: vamos bater o Recorde de Segurança em 2015 !!!
Por favor, leia, pense e compartilhe esse primeiro de muitos artigos de segurança do ano.

  • Você pensa que você é o bonzão?
  • Quão bem você sabe o procedimento de emergência?

Estou fazendo essas perguntas porque isso se tornou um grande problema no nosso esporte. A maioria dos paraquedistas fazem o procedimento de emergência (PE) corretamente se você pedir para ele demonstrá-lo. A maioria pode escrever corretamente se você fizer uma prova escrita. Mas você chegou a treiná-lo ao ponto de se tornar memória muscular? Um perfeito PE é sua resposta instintiva em um caso de pane? Se você estiver enfrentando alta pressão, cansaço físico, limite de tempo em situação delicada, você estará pronto para executar um perfeito PE sem hesitar? Infelizmente, a resposta mais honesta a essa pergunta na maioria das vezes é “não”.

Muitas pessoas não conhecem o procedimento de emergência nem perto do que eles deveriam conhecer. Como gerente de uma das maiores áreas de saltos do mundo, toda vez que eu vejo alguém comandando muito baixo ou tendo um disparo do DAA, eu sempre sento e converso com ele. Juntos a gente tenta descobrir como ele se colocou naquela situação então a gente pode ter certeza que ele sabe o que fazer diferente para que isso não aconteça da próxima vez.

Em um dia bonito e bem movimentado em Skydive Perris (California) nós tivemos dois disparos de DAA com uma hora de intervalo. Um dos paraquedistas tinha cerca de 100 saltos e iniciou o comando a 4 mil pés. Ele teve uma pane com giros lentos, desconectou com altura suficiente mas não comandou o reserva antes do DAA ter disparado. O outro tinha cerca de 400 saltos, começou seu comando a 3 mil pés, o pilotinho ficou preso, ele desconectou e foi para o punho do reserva, mas não foi mais rápido que o DAA.

Desde que ambos iniciaram o comando com altura suficiente, não existe nenhum motivo para que eles tenham terminado em queda livre perigosamente tão baixo, eu pedi para que eles demonstrassem o procedimento de emergência para mim. Os dois fizeram. Então pedi para que me falassem sobre as panes, então eles demonstraram o que realmente fizeram. Nenhum dos dois executou o PE corretamente! Os dois fizeram algo diferente no ar ao invés do procedimento de emergência que acabaram de me mostrar! Um deles puxou o punho antes mesmo de olhar. O outro alcançou o punho com apenas uma das mãos, enquanto seu plano era alcançar os dois punhos com as duas mãos.

Como isso é possível? Os equipamentos de paraquedismo tem avançado tanto. O procedimento de emergência que nós temos que fazer quando encaramos uma pane é simples e fácil de executar. Mas muitas fatalidades – e mais “quase” fatalidades do que a gente pode contar – acontecem porque nós não executamos o procedimento corretamente com o tempo que a gente tem.

Foto2

Imagem: Norman Kent

Essas três simples ideias podem salvar sua vida:

1. Pratique o PE

Procedimento de emergência não é praticado suficientemente. Eu tenho perguntado muitas pessoas com qual frequência eles tem praticado o PE. A resposta mais comum é “pratico antes de cada salto”. Isso parece ser bastante, mas na verdade, não é. Baseado nisso, o paraquedista com 100 saltos praticou o PE umas 100 vezes. Isso não é nem perto do suficiente para desenvolver a reação instintiva e memória muscular que você precisa para salvar sua vida nos poucos segundos que você tem.

Existem algumas formas diferentes de executar o procedimento de emergência. Todas elas vão funcionar se você executar corretamente e imediatamente. Nenhuma delas leva mais de cinco segundos. Em um minuto você poderia praticar seu PE 12 vezes. Já que sua vida depende disso, por quê não tirar cinco minutos todo dia e praticar seu PE 60 vezes? Nós brifamos o salto por 15 minutos antes saltar, mas normalmente não praticamos salvar nossas vidas nem por cinco segundos.

Faça seu PE dez vezes por dia por 30 segundos, ou cinco vezes por dia por um minuto. Mas em algum momento do seu dia dedique cinco minutos para praticar PE (todo dia, não só em dias que você está saltando), e você vai ensaiá-lo até o ponto de eles se tornarem totalmente automático. Você vai ver uma pane e institivamente vai executar um perfeito procedimento sem hesitar.

  • Você quer ser o bonzão?
  • Seja o bonzão executando seu PE

 

Foto3

Imagem: Norman Kent

2. Esteja um passo a frente

Na maioria das vezes nós somos surpreendidos quando nosso paraquedas não funciona corretamente e nós levamos muito tempo para tomar a decisão de desconectar. Esteja um passo a frente. Espere que o seu paraquedas tenha uma pane em cada salto. E seja positivamente surpreendido se não acontecer. Se você tiver qualquer dúvida se o seu paraquedas está bom ou não, é porque não está. Um paraquedas em perfeito estado não te dá nenhuma dúvida.

Não espere até o momento em que estiver cara a cara com uma pane para decidir o que você vai fazer. Decida agora que se não tiver 100% certo de que seu velame está perfeito sobre sua cabeça você vai desconectá-lo sem hesitar.

Foto4

Skydive Chicago Imagem: Norman Kent

3. Comande em uma altura segura

 

Se você não tiver altura suficiente, mesmo um procedimento de emergência bem executado não vai lhe salvar. A altura mínima de comando de acordo com a USPA (United States Parachute Association) é de 2.500 pés. Para comandar a 2.500 pés você precisa estar fazendo o wave off a pelo menos 3 mil pés. Se você estiver abaixo disso você talvez não tenha o tempo que precisa.

Essas três simples ideias podem salvar sua vida. Elas salvaram a minha em mais de 30 panes. Por favor considere-as e as compartilhe-as.

Foto5

Desconexão pelo Time da PD em Skydive City Imagem: Flight 1

Foto7Quinta-feira da Segurança

Pense nas mortes que podemos prevenir fazendo de 2015 o “ano da segurança”. Se comprometa em ler, compartilhar e agir de acordo com os artigos da sessão “Me mantendo vivo” da Skydivemag todas as quintas-feiras.

Compartilhe o seu protocolo de segurança

Contribua com um artigo de segurança na nossa página do Facebook Skydivebr. Faça vídeos com dicas e informações na sua área de saltos e compartilhe para que todo mundo ao redor do mundo se beneficie.

Vamos trabalhar juntos para fazer de 2015 o ano mais seguro da história.

b1nh7y02QNGiyzP-u1_3SQDAN BRODSKY-CHENFELD

Gerente da Skydive Perris

Membro Fundador do Airspeed

Várias vezes campeão Americano e Mundial de 4-way e 8-way

Autor do livro “Above All Else”

“Ainda me impressiono com o quanto amo paraquedismo”

 


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *